top of page
Buscar

Obesidade e Exercícios


Temos a tendência de imaginar as células adiposas como um depósito de gordura, um tecido inativo que serve apenas para estocar energia. As células musculares até são vistas como dinâmicas, mas inertes do ponto de vista metabólico.


Por isso, é comum associar a obesidade e o sitema músculo-esquelético de forma mecânica. Pensamos que a gordura aumenta o peso corporal e sobrecarrega as articulações, dificultando a mobilidade e lentificando as atividades.


Tudo isso é verdade, mas a gordura e os músculos também interagem entre si de outras formas. A principal delas é pela liberação de citocinas, proteínas que geram estímulos em células e órgãos diferentes da sua origem.


De forma bem sucinta e simplificada, o tecido adiposo libera citocinas prejudiciais, contribuindo para um estado pró-inflamatório no organismo. E as células musculares liberam citocinas benéficas para o corpo, com efeitos “anti-inflamação”.


Porém, as células musculares só liberam as citocinas do BEM durante a contração muscular e os movimentos. É preciso praticar exercícios e atividades físicas para que essas substâncias sejam liberadas na corrente sanguínea e promovam seus efeitos em outros órgãos.


Esses efeitos benéficos das citocinas liberadas pelas células musculares valem tanto como prevenção quanto tratamento da obesidade. Elas ajudam a perder peso, controlar a obesidade e doenças crônicas associadas como hipertensão e diabetes, além de prevenir dores e disfunções articulares. E claro, melhorar a saúde, bem-estar e qualidade de vida.


Por isso, comece hoje mesmo sua atividade física!


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page